no makeup

Eu tenho um livro interessante pra ler, como tantos outros livros igualmente, ou mais, fascinantes existem dentro desse mesmo quarto. Livros e histórias que eu venho ignorando, nos últimos tempos, perdida em mim mesma.

Antes era em mim, depois me perdi em outros e horas e horas e mais horas foram dedicadas à outras coisas se não os livros. Meus dias  não eram das palavras, não de histórias outras que entrertem, ensinam, distraem.

 O foco todo era mim e no que me interessava.

Mas agora me dispersei. O que me interessava, não presta. Ainda assim, eu não sou descartável.  E  meu bom livro, aberto ao meu lado, marca apenas a página 57. E nas últimas duas horas estive perdida… no mesmo.

Minha história não é a mais interessante, a mais fascinante, a mais feliz ou a mais triste. Mas momentaneamente, ainda é a que mais me interessa. Quão tediosa pode ser uma pessoa que agora está focada apenas em si mesma?

“Chove e eu penso: haverá coisa mais viúva
que a saudade possuir olhos de chuva
e eu coração de girassol?”
Cassiano Ricardo

Versinho favorito pra me lembrar quem eu sou e de onde eu vim.

Se acha, Alice.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s