Vamos voar novamente

Cara, tá foda. Eu não sei explicar o porque de eu gostar dele, sabe? Gostar dele ainda, apesar de tudo, com tudo. Não sei. Ai eu fico em uns lances de auto-afirmação, tipo não responder a nenhuma sms e tomando decisões, tipo, não ser eu jamais a falar com ele. Decidi não bloquear pra não fazer draminha e nem ficar situação forçada, decidi que quando falar com ele, vou me dar o menos possível. Quanto ao lado de fora, olho pra todos os caras, penso em todos os caras, buscando opções, buscando saídas. Me jogar nem a resposta, pegar mas não apegar não me serve de nada, tenho que é buscar outra pessoa que ocupe minha cabeça… mesmo que essa pessoa seja eu. Às vezes sou interrompida por eu mesma, quando me vem uma aflição de estar perdendo ele, mas ninguém perde o que nunca teve, então eu aquieto em dois tempos. E eu tento fazer ele sentir minha falta, mas ele está muito ocupado tentando ser presente pra perceber que eu não estou disponível.

Entao eu vou começar tudo de novo, segunda-feira começo dieta, vou na academia, procuro mestrado, cumpro tudo que venho há séculos me prometendo fazer. Já que esse começo de ano foi, de certa forma. um epic fail, começar de novo. Tudo. Por mim, pra mim, por mim.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s