Eu sigo só o meu caminho

Me faço de cool e descolada, conto umas histórias bem engraçadas e finjo para mim mesma que tenho total controle das coisas. Não tenho. Todo mundo sabe que não. Eu sei que não. Mas vou indo. Vou indo porque eu sei o que eu não quero, e até onde eu sei, isso já é o suficiente pra se começar qualquer caminho.

Lembro que quando fui fazer orientação vocacional, cheia de dúvidas nos meus 16 anos, comecei a escolher eliminando aquilo que não. Eu já sei muitos nãos.

Vou fazendo, contando, fingindo, não tendo… esperando que algo dentro de mim diga que sim, que há paz, que há tranqüilidade que, afinal de contas, eu sou capaz de ditar o rítmo da minha vida.

Então eu fico, por hora, pelo talvez. Talvez eu esteja bem, talvez eu esteja feliz, talvez eu saiba exatamente onde quero chegar e quem eu quero que vá comigo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s