You gotta help me out

A história funciona mais ou menos assim… meu pai, que nem na minha casa mora, bate na porta do meu quarto e me pergunta, assim que abre a porta, o que é que eu vou fazer da minha vida. A resposta é simples, não sei. Eu não tenho a mínima idéia do que fazer e qualquer opção é um mero “se jogar” na primeira coisa que aparece na frente. Não é porque eu quero, não é porque eu planejei. Não sei, e meus pais também não sabem, quando eu fui me tornar um ser humano tão perdido na vida. Mas eis me aqui, a mercê dos acontecimentos alheios, já que na minha vida nada acontece mesmo. O ideal seria, a bem dizer, que me aparecesse na frente uma escolha óbvia, dada, sem esforço e indolor. O que é impossível, porque no pain, no gain. Então é isso.

Papai, não sei.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s