Esse jogo não pode ser um a um.

troquei meus sentimentos pela copa do mundo.

e minhas complicações pelo kaká. kakaseulindo.tumblr.com

porque faz mais sentido assim, te juro.

e não se assustem com a retardadice no tumblr,  isso não me falta. :p

no título, Paralamas cantando o bom futebol (curto porque fala de preto e branco)

Anúncios

Why don’t you sit right down and stay awhile?

só não some mais, tá bom?

No domingo a minha gatinha sumiu. Ela saiu pra das umas voltas e simplesmente não voltou. Eu, como boa retardada que sou, chorei e chorei e ficava indo na janela e dando voltas no quarteirão chamando a Pequi, achando que uma hora ela me atendia. Eu disse até que achava que ela nunca mais ia voltar, porque coisas boas nunca aconteciam. Foi uma longa segunda-feira. Na terça-feira de manhã minha mãe a achou miando, perdida e assustada na escada entre o segundo e o terceiro andar. A besta da gata nunca percebeu que a gente mora no primeiro? :p

Por conta do choro a minha mãe me chamou de maluca e desiquilibrada. Disse que eu preciso de mais coisa pra preocupar na vida além de uma gata. Pior que eu tô concordando, heim.

a frase do título é de “Why do you let me stay here?” do She&Him que tem a bonitona da Zooey Deschanel. Clica no link e vai ver que lindo.

Stop the bad music

Ontem eu tinha escrito um post mega loser colocando a música “Loser” do Beck (sempre toca quando a gente sai “I’m a loser, baby, so why don’t you kill me”, mas a música do Beck em si consegue ser ainda mais loser que esse verso) e posto também os Beatles falando “I´m a loser” (mas é de amor, e é muito retardado. Os Beatles eram tão retardados românticos no início de carreira, né).

e eu dizia toda orgulhosa da minha loser night e loser life,  pois uma vez que se eles são, quem era eu pra não ser.

Ai o wordpress não deixou eu postar e eu fui dormir. (mentira, eu fui assistir flashfoward, dois episódios, ai fiquei com medo – eu sempre fico com medo do finalzinho- e depois ainda fui ler o fim do livro do Hugh Laurie – o House… recomendo muito, chama  “O vendedor de Armas”).

Enfim, então eu acordei hoje, li o post nos rascunhos e disse: que merda.

É o blog interferindo  pra eu viver uma vida mais cool e descolada.

Como resposta vou pintar minhas unhas de azul.

Girl, do your best

[a foto é só porque eu a achei por ai e me apaixonei. e tem a ver com liberdade. é no parque lage, no rio, fazendo o que é proibido. (não sabendo que era impossível, foi lá e fez…)]

Eu queira vir aqui e xingar muito, tipo fiz no twitter, da receita federal estar tentando me garfar cobrando impostos monstruosos, maiores que o valor do produto, de uma caixa com presentes que a Jenn ♥  me enviou, mas a vibe tá tão boa no geral, tão positiva, que eu vou engolir a raiva e só xingar no twitter e com todo mundo que estiver na minha frente.

Eu estou com tanta vontade de ser livre que nem te conto. Vou trabalhar nesse lance de liberdade pra ver se traz felicidade.

A coisa do último post é séria. Te lo juro. Mudei todos meus planos em um segundo.

É tão bom ter sonhos.

Um post muito sobre nada e muito sobre tudo.

They made a statue of us

eu queria ter uma grande idéia, uma daquelas geniais mesmo que não teriam como não dar certo. ai eu convenceria meu pai ou alguém com dinheiro a investir em mim e abriria um negócio e faria cursos de empreededorismo e mba’ s mil e trabalharia 18 horas por dia.

o negócio daria certo e ai quando as pessoas perguntassem o que eu faço da vida eu diria que sou uma empresária e quando dissesse o nome da minha empresa/marca/produto as pessoas reconheceriam e ai eu ficaria orgulhosa e também  um pouquinho rica e poderia contratar pessoas e trabalhar um pouco menos e viver feliz comigo.

esse é meu novo sonho.