drama queen

um dos meus amigos encontrou a minha mãe na rua e perguntou se eu ainda estava viva. ele explica que o meu email informando  ao meu grupo de amigos de colégio sobre a minha entorse foi das coisas mais dramáticas da história do mundo. o pior é que nem ofendida eu fiquei. além do email ser todo verdade, eu tenho um jeito dramático de narrar as coisas amplamente conhecido por mim e por meus receptores. eu até diria que no mundo existem duas realidades, a real, e como eu a leio.

se eu tivesse uma bula ou manual de instruções, deveria vir em letras garrafais: ALTO COMPONENTE DRAMÁTICO. ai tudo que eu dissesse era atenuado e diluido dentro do cérebro da pessoa. a coisa é que não é porque a narração é dramática que o evento em si não seja.

do meu “dramático” e-mail, não recebi uma só resposta de “melhoras” ou qualquer coisa acusando minimamente o recebimento da mensagem. ou seja, ou meus amigos já fazem essa tradução do dramático, ou não se importam mesmo.

 

ok, esse final foi dramático. mas enfim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s