I rest my case, you are always this late!

eu sempre questionei a razão de, independente desse blog ser a parte mais loser da minha vida, sempre virem cá umas 20 pessoas por dia. pessoas essas que comentavam aqui e acolá, que mandavam e-mail às vezes, que me xingavam por ser tão mimimi ou que achavam que também eram mimimi.

mas acabou. eu perdi meu charme, veja bem. só chegam aqui os que tão atrás do caio e os morangos dele. :/

e pra piorar pra esses, eu nem pus aqui o texto completo, mas as minhas parte favoritas!

pior ainda é na época de inverno, que geral vai pro chile… só chega gente aqui buscando no google amigo o que pôr na mala. tudo porque no distante 2008 eu passei uns dias lá, no inverno. E A TRABALHO!

mas depois que chegaram aqui procurando por “o amor não existe”, entrei em depressão bloguística. :p

são dias difícies para as alices e seus blogs losers.

– ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~ – ♥ ~

no outro blog, tão loser quanto esse, teve até uma vez um cara que me deixava comentários assinando como coelho branco atrasado e veio a irmã dele por meio de um amigo em comum (!?) me contar que era o irmão dela que estava interessado por mim via blog! mas ai ele falou comigo no icq (faz tempo, eu sei), e não me curtiu não, heim. ele me achou meio imatura. :p

a parte brinks da vida é eu ter levado mais tempo pra fazer esses corações e tilzes acima do que pra escrever o post. :p

to dream a dream.

depois do tsunami que teve na ásia, a alguns anos atrás, toda vez que eu olho pro mar eu meio que tenho medo. pra minha sorte, praia e eu moramos longe. não que eu seja uma pessoa medrosa e não enfrente meus medos nas poucas vezes desde então que tavamos lá, o mar e eu, eu e o mar. eu entro, pulo ondinha, tomo caldo e finjo que tá tudo bem. é, eu não gosto muito de mar não.

mas ai hoje a noite eu sonhei que eu tava numa praia com um travesseiro (?!) sobre a minha cabeça. e ouvi as pessoas gritando “olha a onda” e eu bem pensei “vou ficar aqui quietinha que ela vem e não me leva”… só que o tempo corria, corria, e a água não passava. e o mais estranho é que ela não me levou. e eu fiquei lá, pensando “acho que eu vou morrer afogada”, numa tranquilidade tocante. o ar ia faltando, eu ia engasgando, mas meu rosto seco por causa do travesseiro.  então eu percebi que tava na minha cama e que tava tudo bem.era um sonho. isso no sonho.

:S

Significado de sonhar com Ondas

Fortes: mudanças positivas em sua vida.
Fracas: cuidado com aventuras de amor ou negócio arriscado.

*foi forte, né*

Significado de sonhar com Afogamento

Ver pessoa afogada: alegria, triunfo.
Afogar-se: pequenas perdas.

*Logo quase afogar-se: quase ter pequenas perdas :p*

Significado de sonhar com Sonhar

Sonhar que está sonhando indica que o significado dos sonhos deve ser tomado no sentido contrário.
Tome um elemento do sonho, veja o seu significado e inverta-o, interpretando-o do contrário do seu significado.

* FUDEU. CORRAM.*

But how can you complain, if it’s the way it’s meant to be.

eu descobri que na terapia eu só falo da minha mãe. e não, não foi minha terapeuta quem me contou isso, fui eu mesma quem percebi. toda semana eu vou lá e gasto um tempão contando como foi a minha relação, durante a semana, com a minha mãe.

minha mãe é todo um caso a parte na história do mundo, porque dentro do institinto maternal reduzido que ela tem, cabe também carinho e afeto. porque mesmo a minha mãe sendo do tipo que vira pra mim, quando meu pai não liga e diz “ele deve ter se esquecido de você”, de uma maneira como isso não fosse me magoar, mas só reforçar o ódio que ela sente dele, ela traz de presente da argentina livrinhos do meu quadrinista favorito, esse Liniers lindo.

mas ela também é aquela que esconde uma caixa de alfajores no forno, pra eu não comer. a família inteira sabe onde tá a caixa, todo mundo come, mas o perigo é eu ver e acabar com tudo. e eu descubro na inocência, porque vou arrumar a cozinha e olho no forno pra ver se tem algo lá dentro, sujo. vai ver é carinho transvestido de falta de confiança, vai saber, né?

minha mãe xinga muito a minha terapeuta. eu tenho que esconder dela os livros que eu pego na minha terapia, porque minha mãe vê a leitura de auto-ajuda como “charlatonismo”, sendo que eles, na verdade, me ajudam a superar minha tendência “loser”.

mas se a minha mãe realmente se desse ao trabalho de ver as coisas como são, ela veria que a terapia  foi responsável por eu parar de culpar a minha mãe e simplesmente entender ela. de saber que ela fala isso do meu pai porque ela tem tanta mágoa que só se enxerga, e que esconde os alfajores porque eu sou gordinha mesmo e ela acha que isso me prejudica em todos os campos da minha vida.

a terapia simplesmente me vez ver  que as pessoas são como são, e não fazem as coisas para me machucar. se elas me machucam, no caminho, seja minha mãe, meu pai, o ex idiota, uma amiga… é que ela são assim. cabe a mim me fazer ser enxergada e protestar quando eu não curto. se a pessoa vai mudar, ou não, com isso, são outros quinhentos.

sabe quem nunca vai mudar? a minha mãe. :p

aquela que tá vivendo o horário de almoço mais chorão da história

mimimi. liniers, esse lindo. :~

não é estranho quando a vida entra em um estado de surrealidade e parece um episódio de malhação? porque em malhação -aquela novelhinha da globo que é mais velha que a minha adolescência – é assim, se na aula se discute gravidez na adolescência, a mocinha fica grávida e todo mundo só fala, por uma semana, de gravidez.

eu tava aqui vendo os stats desse blog, loser blog, quando vi que, ontem, um post sobre a morte do meu avô, por um motivo random, teve duas visitas. ai eu vou lá, leio o post, fico um pouco triste, fico um pouco feliz, porque agora eu vejo meu pai de muito em sempre e vou ver a tirinha de hoje do liniers. e é essa coisa linda daí.

porra. :~

chorei.

Got to be a joker

A vida tem um senso de humor deturpado, porque depois de tanto tempo completamente incapaz de me interessar, de fato, por alguém, escolhi uma pessoa x. A pessoa x era uma pessoa muito aberta, considerando que me dava, facilmente, informações infinitas sobre a sua vida, o que, logicamente, aumentava meu nível de confiança.

Ai eu cai naquele conto onde você acha que conhece a pessoa bem o suficiente para… fazer ela gostar de você. A minha história com essa pessoa foi meio curta, o que na verdade é positivo, já que eu não vou passar uma vida inteira de quases, mas só coisa de duas semanas. Mas bom, foram quases. Porque meu nível de concretização na vida é baixo. :p

Daí ontem, depois dele me contar que ó, está i-r-r-e-m-e-d-i-á-v-e-l-m-e-n-t-e apaixonado por outra (outra que eu mandei foto para todas as minhas amigas e as fiz jurar que era uma baranga de marca maior), ele começou a falar bem de um amigo e disse que queria me apresentar.

A vida tem um senso de humor muito dos deturpados.

Vamos comentar da minha incompetência que, há duas semanas e coisinha atrás, a outra não existia. Ele se apaixonou, irremediávelmente, enquanto eu tava lá me prometendo que ESSE VAI. :p

É. Pois é.

Welcome to Wonderland, where I keep wondering… what the fuck?

wanna know about something that you don’t understand?

não sei se acredito em horóscopo. aliás, as minhas crenças pra esse mundo não são muito bem esclarecidas para mim ou pra ninguém. só vou saber se acredito se tô temendo ou torcendo por algo acontecer.

enfim, cá estava eu nessa madrugada bêbada de amor, ou talvez simplesmente dopada do remédio que tinha tomado, quando a Kamila me sugeriu lermos nossos horóscopos juntas (atividade de gente mongol sem nada o que fazer, oi?).

bem, analisemos:

Sexta, 5 de novembro de 2010

A cada dia que passa o astral abre mais portas para você. Esta é realmente uma fase muito positiva onde algumas boas conversas e acordos comerciais podem acontecer. Não se deixe levar por medos e emoções do passado.

Oi, que? É endossamento de bom humor? Vamos ler o do amor, pra ver se continua a vibe.

Previsão para Novembro

blá blá amor, no entanto, sua imagem, pelo menos até o dia 15 estará tão beneficiada que todos os olhares se voltarão para você. Nessa você pode ser agraciada por um novo amor, blá blá que diz que conhecerei amor no trabalho, mas eu torço pra que não.

ok, vamos pro moral. contenhamos a euforia.

Previsão para Novembro

Outubro já foi um mês melhor que os anteriores, mas novembro será ainda melhor. blá blá. O sucesso profissional e a projeção positiva de sua imagem social estarão presentes durante todo mês, mas depois do dia 18 você sentirá essa força. Já há alguns anos você sente que muitos de seus projetos perderam a força e por algum motivo morriam mesmo antes de serem colocados em pratica. Netuno em seu signo há muitos anos foi o maior responsável por isso. blá blá.  . Respeite-se.

CORRAAAAAAAAAAAM.

PS: resolvi acreditar em horóscopo.