Got to be a joker

A vida tem um senso de humor deturpado, porque depois de tanto tempo completamente incapaz de me interessar, de fato, por alguém, escolhi uma pessoa x. A pessoa x era uma pessoa muito aberta, considerando que me dava, facilmente, informações infinitas sobre a sua vida, o que, logicamente, aumentava meu nível de confiança.

Ai eu cai naquele conto onde você acha que conhece a pessoa bem o suficiente para… fazer ela gostar de você. A minha história com essa pessoa foi meio curta, o que na verdade é positivo, já que eu não vou passar uma vida inteira de quases, mas só coisa de duas semanas. Mas bom, foram quases. Porque meu nível de concretização na vida é baixo. :p

Daí ontem, depois dele me contar que ó, está i-r-r-e-m-e-d-i-á-v-e-l-m-e-n-t-e apaixonado por outra (outra que eu mandei foto para todas as minhas amigas e as fiz jurar que era uma baranga de marca maior), ele começou a falar bem de um amigo e disse que queria me apresentar.

A vida tem um senso de humor muito dos deturpados.

Vamos comentar da minha incompetência que, há duas semanas e coisinha atrás, a outra não existia. Ele se apaixonou, irremediávelmente, enquanto eu tava lá me prometendo que ESSE VAI. :p

É. Pois é.

Welcome to Wonderland, where I keep wondering… what the fuck?

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s