sente o drama aqui, sente.

tudo que eu queria era um carro emprestado essa semana. porque com um carro emprestado, eu poderia ir pro meu trabalho voluntário e voltar, sem ter que pegar dois ônibus e chegar em casa muito depois das onze da noite. eu poderia ir na minha terapia e voltar, sem ter que pegar o circular e esperar mais de meia hora na rua o próximo passar na volta. eu poderia ir pra rio acima de carro, sem ter que pegar um ônibus que sacoleja e gasta uma infinita hora pra chegar.

mas não.
minha mãe vai viajar com o carro, a nova mulher do meu pai não quis me emprestar o carro e eu vou ser obrigada a usar o transporte público.
sim, essas são as tristezas da minha infeliz vida.

e quem tá achando pouco, desafio à descer de ônibus na praça rui barbosa (vulgo frente à praça da estação) às 10:30 da noite em um dia de semana e esperar outro ônibus pra chegar em casa. u.u

solidariedade com as pessoas de bem, cadê?
carona que é bom, quando tem carro, todo mundo quer, né? :p

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s