better days

tem umas semanas que são tão intensamente atribuladas que é difícil conceber que ainda é quinta-feira e que a segunda está tão distante. não tem muito como reclamar de falta de emoção quando seu caminho é rodeado de suicidas parando o trânsito na estrada, você usando cromoterapia na roupa da entrevista, você quase desmaiando de dor, seus amigos vindo na sua casa e fazendo sessões de terapia simplesmente porque todos somos tão donos da razão. foi ontem aquele trânsito todo por causa da greve? porque parece que tem mais tempo, aliás, sério, foi hoje que eu faltei tudo porque tava quase morrendo e dor? porque parece que eu dormi tantas horas que já é outro dia.

amanhã é sexta e eu vou no show da banda mais bonita da cidade. vou por puro muito amor no meu coração pelas minhas amigas, porque a realidade é que… er. mas no meu coração cabe até uma penteadeira, cabe nós dois, o time do atlético e também essas doses cavalares de neolsaldina que fizeram a dor excruciante parar.

sábado tem camelo, seu muito lindo. e no domingo tem jogo de vôlei. e ai os dias continuam atribulados, um tanto quanto imprevisíveis, às vezes ansiosos, às vezes felizes, às vezes doloridos e hoje nauseado. é 2011.

você não tá de brinks não, né.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s