É trocar poeminho por amozinho

Meu Deus, que vontade me deu de escrever um poeminho.
Olha, agora mesmo vai passando um!
Pst pst pst
Vem cá para que eu te enfie
Na fileira de meus outros poemas
Vem cá para que eu te entube
Nos comprimidos de minhas obras completas
Vem cá para que eu te empoete
Para que eu te enrime
Para que eu te enlire
Para que eu te empégase
Para que eu te enverse
Para que eu te emprose…
Vem cá…
Vaca!
Escafedeu-se.

(Mário Quintana – “Traduzido de Raymond Queneau”)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s