Um mimimi materno para alegrar o dia de vocês.

Não existe pessoa no mundo que sinta tanta necessidade de delegar responsabilidade e culpa por coisas darem errado/quebrarem como a minha mãe. É como se o fato de alguém ter feito a coisa ruim que aconteceu fosse mais essencial que a resolução da questão em si, e que o mundo não seguisse em frente sem que os culpados fossem apontados. E tcharam, nunca é ela.

Assim, sou dona de poderes sobrenaturais, como queimar impressoras sem sequer tê-las usado, a pia ter soltado, no meio da noite,  devido ao peso (tinha muita coisa de molho, adivinha quem não pôs nada de molho – ah, a culpa foi minha de não ter arrumado a louça antes de dormir), o sumiço e reaparecimento do telefone aqui de casa, que ficou no limbo por duas semanas e depois, fantasmagoricamente, apareceu, do nada, no criado da minha mãe.

É magia forte, mermão. E mágoa de cabloco.

Ah, esqueci também de mencionar que o responsável pelas coisas terem quebrado (no caso, sempre eu e nunca ela) é quem deve providenciar o conserto. Sendo assim, eu responsável por tudo quebrado e tudo consertado nessa casa.

SOU DESASTRE/EFICIÊNCIA DOMÉSTICA NESSA VIDA.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s