Of all the trouble

E daí eu senti pena e quase mandei essa mensagem. Mas mandaram eu não enviar porque ele simplesmente… não vale a pena.

Oi

Eu sei que eu me jurei nunca mais falar com você, mas daí comentaram que as coisas no seu mural faziam parecer que você não tava tão feliz por ai… Sabe, no final o rancor, a raiva e todas esses sentimentos pequenos de frustração com relação a você passaram. Eu só sinto pena de você não ter sabido aproveitar o que a vida podia te oferecer. Não faz mais isso, tá? Se esforce para que as coisas deem certo, seja emocionalmente inteligente, seja alguém que as pessoas possam contar. Não se engane e nem engane os outros, não viva decorado, nem de planos, nem de fantasias, nem negando o que você realmente sente. Se permita depender das pessoas.

Vi esse vídeo agora e pensei em você, por isso a mensagem out of blue. Você se lembra?

Nem quero reatar nenhuma amizade, mesmo porque, tanto tempo depois, não há mais nada. Mas torço, de verdade, que você aprenda a ser feliz.

Espero que fique tudo bem.

Alice

ps: manda o presente da Bárbara, caraleo. Aprende a ser mais accountable, isso seria um ótimo começo. :p

Anúncios

One thought on “Of all the trouble

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s