Como um beijinho de passarinho

Setembro passou ridiculamente rápido, vocês perceberam? Porque foi outro dia mesmo que eu li meu horóscopo na Bárbara Abramo e lá tava escrito que esse ia ser o mês mais horroroso do mês. A boa notícia para mim é que não foi não. Olhando esses 27 dias de setembro, eu até diria que foi o melhor do ano. O M-E-L-H-O-R. Assim sendo, fica comprovado por a+b que a astrologia e o meu futuro parecem um tanto quanto desassociados. Mas me explica então porque eu tô louca pra sair a Susan Miller e a Barbara Abramo de outubro e torcendo pra elas falarem “FELICIDADE”? É mais fácil ir vivendo a vida e ver onde vai dar, mas não, menina quer que o horóscopo avise o dia e a hora que o cavalo branco do príncipe vai chegar pra estar maquiada na hora e usando a roupa que favorece mais.

Já que esse blog todo já afirma, há anos, que eu sou esquisita mesmo, vou aqui dividir com vocês que faz uns meses que eu tô fazendo alinhamento de chakras. A coisa espiritual/mística minha não é tão simples e linear assim, porque eu fico numas de “acredito ou tô jogando meu dinheiro fora”? Mas eis que na primeira sessão de todas ouvi que tudo que eu estava vivendo naquele momento era preparação pra nova fase que começava em setembro. A-d-i-v-i-n-h-a se fiquei ansiosa com setembro? Se ficava me perguntando mas que meleca que ia acontecer em setembro? Mas é óbvio. A real é que setembro tava passando e eu já tava desencanando de setembro. Mas olhando setembro assim, com meus olhos de outubro, mudou tudo, não mudou?  A partir de outubro vai ser de fato tudo diferente. Parabéns ai, espiritualidade. Mandou melhor que a astrologia.

Em junho eu fiz uma entrevista na qual a moça me contou de um projeto bacana (tudo a ver com o que eu mais queria nessa vida) que a empresa tava desenvolvendo. Ela ficou de entrar em contato depois, dizendo que eu tinha tudo a ver. Depois ficou de mandar meu currículo pra gerente do projeto. E de repente já era agosto e nada. Ai foi setembro. Ontem lançaram o site do projeto tal, já em curso. Ainda bem que eu encontrei um emprego na mesma área outro dia, porque senão era mais um motivo de bitter heart. Pior é que eu quero tentar integrar meu trabalho, lindo trabalho, com o projeto. E vou olhar pra gp que não me quis com olhos de “OLHA SÓ COMO EU SOU COMPETENTE, U BIATCH”.

Sou um charme com tanto rancor no coração, não sou?

Ai, esse 2011 não tá de brincadeira não.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s