To commit to love and don’t commit a crime

Tenho uma teoria que todo homem tem uma (ou mais, socorro) ex forte. É aquela “vaca” (que às vezes pode até mesmo ser você) que independente do momento da vida do cara que ela apareça, vai abalar as coisas. Tá lá o sujeito todo cool e descolado curtindo a solteiresse, e ela volta pra deixar ele todo cheio de amores. Tá lá ele num romance promissor, e ela aparece pra deixar ele com dúvidas. Tá lá ele num relacionamento estável, e ela aparece pra fuder com a parada. É ela.

Às vezes ela nem é ex. É só aquela pessoa idealizada que por um motivo bizarro ou outro, encaixa com plano. E todo mundo sabe que o idealizado é muito mais forte que o real, porque né, não tem defeitos. Seja ex de fato ou só uma platonice, quando a pessoa passa pro campo da idealização, se torna meio que um ícone. E daí que depois de posta em um pedestal, a ex forte só sai de lá errando muito.

E pisa no coração do coitado. E bagunça a vida dele com uma sms carente ou email do nada, pra nem dizer o estrago que uma ligação ou encontro fariam. E tudo que podia estar em equilíbrio, perde. Tudo que era foco, sai.

Uma vez eu gostei muito de uma pessoa. Muito no estilo “o mais que eu já gostei de alguém na vida”. E tudo ia bem, tudo ia bacana, tudo ia no seu curso natural, quando eis que apareceu a ex forte e pronto. Fim. Nem foi o fim, teve drama drama drama depois, mas se eu pudesse ter posto ponto final, era ali. Janeiro de 2009. Ponto final. Mas não. E-s-c-o-l-h-i sofrer 6 meses mais.

A parte cretina de tudo é que raramente o cara tem a mesma importância pra ex forte. Então fica aquela coisa desproporcional, como se ela fosse um imã pra ele, só que ela nem quer tanto aquele grude. Voltou pra que então, né? Esporte, diversão, sadismo, ou saudades mesmo?

Tem uns dois caras nesse mundo ai que eu acho, no alto do meu achismo, que eu poderia ter o efeito de uma ex forte. E não chego perto de ex de nenhum dos dois. Aquela parada de idealizada e talzes. A ironia é que com eles eu fiz tudo errado. Eu nunca quis ser legal. Eu nunca quis a atenção. Eu sempre evitei. Eu só cedi quando eu tava nos momentos mais errados, mais carentes, mais simplesmente aceitando porque eles tavam lá e eu tava precisando, mais terrivelmente menos interessantes desse mundo, e mesmo assim eles se esforçaram. E eu sei que em todos esses momentos eu tava errada, e depois sempre corri pra corrigir isso, fugindo (sim, eu sou dessas que evita, some, desaparece – tipinho infeliz, né). Qual o problema do ser humano que se liga tanto numa rejeição, heim?

Enfim, tem dois que se eu quisesse  jogar, e falo isso bem presumidamente mesmo, eu ao menos faria uma confusãozinha na vida da pessoa. Aquela que o cara teria dificuldade de falar “mas sabe o que que é? Tô namorando”.

Ok, isso tudo foi só pra dizer que um deles pôs namorando recentemente no facebook, apesar de já estar há meses. E há meses sempre me mandar mensagens e vir com fala macia. Eu sempre soube e sempre me esquivei.

Mas sabe o que que é? Eu não tenho essa vocação. Por mais que eu seja esse mimimi romântico, waiting for a miracle, eu não vejo muita graça em ter quem eu não quero. E daí, rapaz, que você seja muito feliz, mesmo, com quem te quer. Te vou assistindo feliz daqui, de uma distância segura.

One thought on “To commit to love and don’t commit a crime

  1. Tbm não vejo a minima graça em ter quem eu nao quero, mas ás vezes acho q é justamente porque eu não o quero que ele me quer, infelizmente o ser humano, principalmente os homens, adoram uma rejeição, acho que funciona melhor que ter medidas 90/60/90, ou qualquer coisa semelhante. Depois se fala por aí que homens saõ mais práticos, pô existe coisa mais prática do que o cara não fazer jogos com quem o quer, e não perder interesse pela pessoa só porque ela tbm se interessou por ele? Nunca vou entender esses homens, tbm, á espera de um MILAGRE!! aff…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s