Too sick to even care

@zita_ellen ellen r.
há pouco tempo quase ganhei uma discussão no qual a moça disse ‘sou inteligente não posso fazer nada’. ia responder com um ‘mas é gorda’

no caso, a “mas sou gorda” sou eu. estou extremamente consciente da babaquice cometida por mim e do bullying mental exercido em chamar alguém, ali, no próprio mural, de burra. mas ó, depois desse “contra-argumento” com dias de atraso, porra. TÔ COM RAZÃO OU TÔ COM RAZÃO?

são tempos difícieis para as sem paciência.

ps: pega ai qualquer mulher e aponta um defeito físico dela. aquele defeito. aqueeeeele que ela sabe que tem, que ela mesma olha no espelho e vê, sempre. ser magrela demais, ser gorda demais, alta demais, ser baixa demais, ter cabelo ruim, ter dente torto, ser manca, não ter peito, ter quadril demais, não ter bunda… qualquer coisa dessas que fazem a gente não ser ~perfeitas~.

agora pega isso e usa como argumento em uma discussão qualquer que não seja relativo a “quem de nós é mais bonita”. fim. realmente, venceria a discussão. eu tenderia a atacar o cabelo que é horrível. a cara, que é comum. a vulgaridade, que apesar de não diretamente relativa ao físico, que é latente. e voltaria, de novo, na falta de inteligência.

no final de contas, ser gordinha é tipo ok perto disso tudo. sendo que, obviamente, não é a primeira e nem a última vez que escuto esse tipo de ~argumento~, ~xingo~, ~verdade~… eu fico me perguntando aqui… é comum as pesssas te chamarem de burra? porque constatei que você, de fato, o é.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s