eu fugir de mim

detesto minha imagem externa, por mais auto depreciativo que isso possa parecer. no caso, minha auto-imagem.

não gosto que as pessoas me digam que pareço com alguém, porque nunca realmente sei como a outra pessoa é. será bonita? serei bonita? descobrir que alguém parece comigo é ficar deprimida ou feliz?

acabei de ver um vídeo meu falando em público, o que foi de certa maneira assustador. falo de um jeito meio que parecido com meu pai, figura que cansei de ver falando em público. pode ser que isso seja bom, ele fala bem. mas é estranho ser menos única e mais herança.

fora isso minha voz é tão fina tal qual eu já sabia. tenho uma cara muito redondinha, mas enfim, é a vida.

no vídeo aparecia outras pessoas. elas são do jeito que eu as vejo. essa coisa de ter seu ponto de vista das coisas e desconhecer como você é para outras pessoas é bizarro. então sou assim, para as pessoas? falando ritmado, devagar e com voz fina, cara de menina?

são tempos difíceis para a auto-estima.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s