É nossa obrigação saber seguir em frente

Sou uma enorme fugitiva da realidade. Tento, o máximo possível, evitar ter meu percurso interrompido por algo que seja desagradável. E isso consiste em ignorar coisas até que seja impossível lidar com tudo. E ai… ai a casa caí.

Daí se alguém me pergunta: “mas como é que você deixou chegar nesse nível calamitoso?”, completamente em choque, a resposta é bem simples. Eu tava muito focada em ser feliz e encontrar alguma paz de espírito para parar e observar x ou y. Verdade seja dita, às vezes o desastre seria menor caso a interrupção do curso das ações fosse dada mais cedo. Então, meio termo… vem pra mim!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s