É nossa obrigação saber seguir em frente

Sou uma enorme fugitiva da realidade. Tento, o máximo possível, evitar ter meu percurso interrompido por algo que seja desagradável. E isso consiste em ignorar coisas até que seja impossível lidar com tudo. E ai… ai a casa caí.

Daí se alguém me pergunta: “mas como é que você deixou chegar nesse nível calamitoso?”, completamente em choque, a resposta é bem simples. Eu tava muito focada em ser feliz e encontrar alguma paz de espírito para parar e observar x ou y. Verdade seja dita, às vezes o desastre seria menor caso a interrupção do curso das ações fosse dada mais cedo. Então, meio termo… vem pra mim!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s