ser feliz ou não, questão de talento

Confiança é o tipo de trem que, uma vez quebrado, quebrado pra sempre. Porque não há cola que convença a memória de que uma vez, aquela certa vez, a específica ali… quebrou. Então por mais que se queira viver em paz, que se queira ser feliz e ser o primeiro a perdoar, o primeiro a esquecer e todos esses clichês para se viver melhor, para sempre tem a mágoa lá do quebrado.

Analiticamente falando, já quebrei a confiança de várias pessoas. Então de diversas formas as relações (minhas e delas) tem rachaduras eternas, lembrando, pra sempre, das faltas que cometi. Sendo o inverso completamente verdadeiro.

Trem complicado esse de querer a paz mas achar rancor, sô.
Será que vale a pena?

One thought on “ser feliz ou não, questão de talento

  1. Esse negózdi valer à pena é complicado. Porque mesmo as coisas que valem agora, podem não fazer o menor sentido amanhã – o que geralmente acontece.

    Daí é isso. Continuamos sem saber.
    Enfim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s