wouldn’t want to waste a thing

eu tô lá muito cansada. suando. vermelha. ainda bem que tiraram os espelhos, posso não focar na minha aparência que deve ser caótica. se eu fizer mais uma abdominal eu vou morrer. mas eu faço. só que ai tem que levantar e fazer soco e chute livre. 20 segundos que parecem um minuto. e todos sabem que um minuto é meia eternidade. dou um semi-circular. jab, direto. cruzado. vou ficando devagar. faço sequência de chutes porque demora mais. ai lembro que eu quero mais ficar bonita e me sentir bem do que descansar. e que no final ali só importa eu. acho que é isso que motiva. e ai eu faço mais rápido. até o braço doer. até a perna doer. até a barriga doer. até o chute estourar no saco de areia num som bem alto, desses que mostra esforço. e o cruzado ser tão forte que o saco de areia fica balançando.

o próximo passo é só conseguir, de novo, ser 100% nisso. mas ai e meu chocolate? minha cerveja? é lembrar de sempre me escolher. eu.

porque eu quero voltar a me sentir bonita.

(eu fico com muita raiva de gostar tanto do kickboxing sabendo que já parei antes. parei sem motivo algum, me tapeando por não ter mais tanto tempo, por ter preguiça, por ser natal, por ter curso, por ser férias, por ainda ser janeiro, porque vinha carnaval e ai perdi meu tempo. perdi meses de esforço. não posso mais ter preguiça de mim).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s