The little things

Hoje, vindo trabalhar, em pleno sábado, fechei os olhos e me imaginei, como estive tantas vezes, andando pelos corredores da organização internacional que eu trabalhava lá em Washington. De um lado a sala do conselho permanente. Lá em cima, o salão principal.  Andando fazedo barulho com o salto, único calçado aceitável para aquele trabalho, carregando alguma impressão inútil que eu fui buscar no escritório da Secretária de Assuntos Internacionais. Piso de mármore carrara em um prédio de mais de 100 anos.

Abro os olhos e tô andando nos corredores de um prédio velho e sujo no centro de BH, fazendo horas extras de graça para um projeto que me dá só trabalho. Tô usando a roupa mais confortável que achei no armário e não passei meio miligrama de maquiagem na cara. O sapato não faz barulho no piso de pedrinhas feias enquanto me dirijo para a ONG. De um lado um sexshop e do outro um monte de lojas fechadas. Piso imundo num prédio decadente da década de 70.

E sorrio satisfeita com as decisões da vida.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s