vendo essa cara eu sinto que você não existe

Eu, de novo, não sei o que vocês querem comigo.

Não sei. Não sei se sou só mais uma amiga. Não sei se você está sendo legal. Não sei se esse flerte é esporte. Não sei se essa atenção é carência. Não sei se essa volta é sinal do destino. Eu simplesmente não sei.

Não sei se você vai voltar com a sua namorada daqui a pouco. Não sei se você realmente me quer. Não sei se eu faço o seu tipo. Não sei se eu consigo gostar de você. Não sei porque você ainda fala de mim. Eu realmente não sei.

Eu sei que eu queria que fosse de verdade. Eu sei que eu queria parar de me auto sabotar. Eu sei que eu gostaria que você me olhasse. Eu sei que eu gostaria da companhia. Eu sei que eu ainda tenho medo de sofrer/perder/errar/me expor. Eu, pelo menos eu, me conheço bem.

e chora

Eu odeio você.

Eu odeio você porque eu te amo. Eu odeio você porque você é minha maior mágoa. Eu odeio você porque eu preciso de você. Eu odeio você porque eu te vejo quando eu olho no espelho. Eu odeio você por você ter me abandonado. Eu odeio você por você por ter voltado. Eu odeio você por ter me abandonado de novo. Eu odeio você porque eu não sei quem você é.

Eu odeio você porque eu falo de você com amor. Eu odeio você porque eu tento te entender. Eu odeio você porque eu queria que você me escolhesse. Eu odeio você por eu me importar.

Eu odeio você porque eu sonho em não ter você por perto só para te punir. Eu odeio você porque por um segundo eu já desejei que você tivesse morrido. Eu odeio você porque eu tenho medo de você morrer. Eu odeio você porque eu acredito que ninguém mais vai me magoar como você magoou. Eu odeio você porque eu sofro por sua causa.

Eu odeio você porque você me faz chorar. Eu odeio você porque você me deixou com medo. Eu odeio você porque eu penso em você sem querer. Eu odeio você porque você provavelmente não se importa. Eu odeio tanto você que é simplesmente patético que você seja para mim um amor/uma dor tão grande.