Será que errei?

Eu sou ciumenta.

Quem lê aqui e me conhece pessoalmente, sabe que é verdade. Tenho ciúmes de família, amigos e coisas. De namorado então? Trabalhamos sim. E ainda trabalhamos tudo na birra, porque né, maturidade, aqui não te temos.

Mas eu também sei que não adianta eu pirar e ser louca e surtar porque né, faz as coisas quem quer e se for bem feita eu não vou descobrir nunca, então tamo aí nessa nave louca chamada relacionamento. Só que por mais que eu tente manter o bom senso, nem sempre ele aparece. E eis que eu consegui o feito de conseguir que o rapaz deletasse do facebook uma moça que curtia tanta santa foto que ele subia.

Ao invés da sensação de vitória que controle do outro poderia ter, senti foi vergonha. Muita. Vergonha de ser louca, de ser abusiva, de ultrapassar os limites e principalmente de assumir que se ele quisesse o oposto, eu acharia absurdo e não deletaria porcaria nenhuma (numa acusação agressiva de POR ACASO VOCÊ NÃO CONFIA EM MIM???).

São tantas contradições que há quem pudesse dizer que eu não deveria ter me auto-dado alta da terapia. ENFIM…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s