A lua é meu novo endereço

Eu gosto de auto afirmar que me parece ótimo namorar a distância porque não sou muito carente e tenho mais tempo pra mim. Afirmo que gosto também da intensidade que a distância impõe, porque o tempo com o outro vira sagrado. Não tem briga nem perda de tempo, só amorzinho.

Só que olhando praquela lua vermelha do lado dele, fiquei pensando como é mais gostoso namorar de pertinho. É tão sem graça ficar amando via celular, ficar amando assim, aos poucos. Por mais que conversemos muito, que nos falemos sempre, não tem horas de telefone e emojis enviados que supram o poder terapêutico dos beijinhos.

Daí ele me pergunta “mas em que eu posso trabalhar aqui?” e eu também não sei por que ele não fala português. Será que ele pode dar aula de espanhol (nem sei se ele tem paciência pra isso)? Eu digo que quero ir pra lá e ele não deixa, porque agora eu ganho mais e as coisas estão acontecendo. Ele tem essa fala feita que a economia de lá é ruim e que eu vou ganhar muito menos.

Talvez seja mais fácil mudar pra lua.

(quem vai ter coragem primeiro de deixar o outro ir?)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s