I’m sorry I’m broken hearted

Óbvio que a vida não é fácil, né queridinha.

A lavanderia disse que não paga qualquer valor e exigiu nota fiscal de um vestido que a mãe de uma conhecida fez. Mandou uma confeccionista orçar o valor e foi metade do que eu gastei. Pedi o mesmo vestido, igualzinho, já que com esse troco não compro sozinha nem meio vestido. Não vai ficar pronto pro casamento que eu vou, mas comprei outro vestido que foi 1/3 do que custaria aquele lindo, maravilhoso, mas é muito bonito.

Tinha uma reunião importantona e pra qual me preparei há duas semanas. Tudo era em inglês e meu inglês tá, ó, uma meleca. Fiquei estressada, fiquei nervosa, mas saiu tudo bem. Só que 15 min antes me ligaram contando que um educador pediu demissão e preciso de outra pessoa para amanhã (que no caso seria hoje).

Fui fazer avaliação física e só perdi 2 kg em 2 meses e sei que comi muito doce nesses dias todos, mas tá tudo tão difícil. Mas daí fiz academia prometendo perder 6kg nos próximos 3 meses, e me deu uma vontade de chorar fazendo ponte.

Daí eu quis muito descansar, e minha cama é tão macia, mas lembrei que sábado vou trabalhar o dia absolutamente todo. E ainda tenho que fazer dieta, volto a repetir: como é ruim ter que curar tristeza sem poder contar com uma panela de brigadeiro.

Não tá fácil ser eu. Olhando assim escrito, nem parece tudo tão péssimo, mas não sei se sou eu, se é esse céu cinza, se é mercúrio retrógrado. Mas sem vontade alguma de qualquer coisa mais.

 

Anúncios

Será que vamos nos ferrar agora?

Eu tento largar o drama, mas o drama não larga de mim!

Num dos posts abaixo relatei meu sofrimento ao não comprar um vestido caro porque não teria tantas datas assim para usa-lo. Pensei “tenho meu vermelho lindão, tô ok”. Eis que faltando 2 semanas pra um casamento, mandei meu vestido lavar. Tá tranquilo. Tava favorável.

Hoje. HOJE. A data que o vestido tinha que ser ENTREGUE, me ligaram da cara lavanderia: “seu vestido reagiu com o produto usado, queimou e ficou todo rasgado”. ÊNFASE NO TODO. Estamos a uma semana e dois dias da boda.

Me ofereceram ou reebolso ou vestido novo. Ambos não dão tempo pro dia 6, tendo em vista do meu corpitcho porpeta e as reais poucas opções de vestidos DESLUMBRANTES (porque o meu era) plus size. Fora o tempo, né. Porque inclusive trabalho de 8 às 18 nesse sábado. Por sorte minha irmã lembrou um que já peguei emprestado de uma amiga dela, então já achei uma solução pro mais imediato.

Também decidi que vou pedir o reembolso com inflação (com o preço de antes não compro um vestido assim) e chorar em posição fetal por meu lindo vestido agora queimado e rasgado. #todaschora

Ps: no facebook sigo uma astróloga que avisa que amanhã mercúrio fica retrógado. Segue a mensagem:

“Queridos, mercúrio entrará em movimento retrogrado em touro
Nos períodos abaixo, mercúrio estará em movimento retrogrado evite: assinatura de contratos importantes, financiamentos, compra e venda de eletrodomésticos e eletrônicos. Evite início de sociedades, parcerias, casamentos; lançamento de livros, produtos e ou abertura de empresas. Não inicie uma construção, não contrate funcionários, não comece um projeto. De preferência, também se preserve cinco dias antes e cinco dias depois destas datas.

Entre os dias 28 de abril a 22 de maio de 2016.

Este post é para todos os signos. Estamos em mercúrio retrogrado até o dia 22 de maio”

“No creo en las brujas. Pero que las hay, las hay”. Fica o aviso, evitem as lavanderias também!

You won´t cry on my shoulder, you won’t laugh at my jokes

Você sabe diferenciar orgulho ferido de coração partido?

São muito fáceis de confundir, e o que eu vou dizer para diferenciar parece meio óbvio, mas presta atenção: no primeiro processo não tem amor e o segundo fica sem orgulho.

E foi munida de um coração partido que eu mandei um email depois de 9 horas assistindo votação do impeachment. Arrasada com tanto louvor a Deus, tanta coisa em nome da família, embasbacada com algumas homenagens aos militares. Mandei porque entrei no twitter para ler comentários de amigos e vi quem partiu meu coração. E munida de uma coragem que só vem depois de ficar inconformada com tanta coisa, apertei o “enviar” do que me vem fazendo chorar há 4 meses.

O orgulho? Do que vale ele perto de um coração partido?

Lembra dos joelhos azuis?

Na sexta-feira eu tomei umas cervejas com umas colegas de trabalho e depois fui jantar com meus amigos. No restaurante, fui ao banheiro e na saída dele tinha uns degraus cretinos e muita farinha. Escorreguei.

Sim, eu caí.  E tragicamente. Além de ter ficado com meu vestido, que convenientemente era preto, todo coberto de farinha, saí com a mão esquerda machucada, ralados na mão direita, um roxo no cotovelo esquerdo, um mega hiper gigantesco roxo no joelho esquerdo e alguns roxinhos no joelho direito.

Eu diria trágico. Eu diria que já passaram 2 dias e eu ainda tô toda doendo. Eu diria que tô tomando anti-inflamatório e fazendo várias compressas por dia.

Sou inapta para a vida em sociedade. Ou para os perigos da vida. A seleção natural definitivamente me eliminaria se vivêssemos em ambientes mais nocivos.

Meu namorado e eu tivemos o seguinte diálogo:

– Me irrita a sua falta de cuidado.

– Eu não tenho falta de cuidado. Eu só sou desajeitada.

(me manda print do dicionário que coloca “descuidada” como sinônimo de “desajeitada”).

Vocês sabiam que quando a palma da sua mão fica roxa, ela só fica levemente azulada embora você sinta muita dor?