Eu mereci

A pior parte de discutir estupro é que nos obriga a pensar no que já aconteceu com a gente. Sem a gente ter dito que “guenta 5”, sem a gente ir no baile funk, sem a gente usar drogas, sem a gente frequentar favela, sem a gente ter sido dopada, sem a gente ter tido filho. Aconteceu com a gente rezando, lendo livro, vendo tv em casa, voltando do trabalho, voltando pra casa cedo de taxi, convivendo com parente, com o amigo, com o namorado.

Se eu mereci, ela mereceu também. A culpa é da vítima. Porque entre eu abusada e ela estuprada, só tem o fato de você querer que a culpa tenha sido nossa, não em quem resolveu (quens, no caso dela) que podia fazê-lo. Culpabilização da vítima.

A pior parte dessa gente esperando ela ser bem feia, ela ser bem culpada, ela ser bem errada para falar “tá vendo, ela mereceu”, tá na gente ter merecido também. Mereceu porque aos 10 anos você já espertinha e deixou ele te tocar. Mereceu porque você tava de decote no táxi voltando sozinha em casa.

Se eu mereci, ela mereceu também. Tendo ido na casa do namorado de 3 anos ou estando numa orgia com outros caras, somos todas merecedoras porque não nos cuidamos mais. E nem com todo o contexto do universo você vai escapar de ter merecido. A culpa é sempre sua. Não existe respeito às minas.

_ – _ – _ _ – – _ _ – _ – _ _ – _ – _

Meu trabalho compartilhou a logo da ong com “Eu luto contra a cultura do estupro”. Daí meu pai postou embaixo (esse mesmo pai com quem eu não falo há meses, mas o meu “daddy issues” a gente deixa pra outro post – ou será que eu merecia essas coisas todas porque meu pai não me ama suficientemente?) isso aqui que me fez pensar muito:

O discurso pertinente à cultura do estupro parte do pressuposto da necessidade de se despertar o olhar da sociedade para se desmitificar o tabu: estupro. Qual o seu significado? De quem é a culpa?
Nesse sentido, faz-se o uso de estupro das seguintes formas:
a) como expressão da masculinidade;
b) como indicação de mulheres enquanto conceito de propriedade;
c) como mecanismo de controle social para manter as mulheres na condição de objetos de cama e mesa.

Porque será que abusaram/estupraram a gente?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s