Se sou eu ainda jovem passando por cima de tudo

Hoje estava descendo do ônibus e vi meu pai na mesma calçada em que eu estava. Fazia mais de um ano que eu não o via, ele agiu normalmente como se fosse a coisa mais normal do mundo me encontrar por aí. Não teve nenhuma pergunta importante e nenhuma menção de encontro em qualquer futuro.

Ontem eu decidi contar para minha mãe uma situação de abuso sexual que aconteceu comigo há 20 anos. Ela não falou nada além de “porque você não me contou antes?”. Imagino que doa nela também, mas não tem muita expressão de dor, sentimento, preocupação.

A vida tem muito de seguir sozinha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s