18 December, 2018 14:45

Eu sonho muito melhor que vivo, sou muito ruim de concretizar os planos perfeitos de sucesso e amor. Planejo tudo certinho dentro da cabeça, mas acabo me atrapalhando seja nas finanças, quanto no amor. E quando dão errado – e dão – porque eu me atrapalho toda, fico por dentro com essa sensação de fracasso, "como é que aos 33 eu ainda não aprendi a seguir minhas receitas imaginárias de felicidade"?

Daqui a pouco serão 34. Aprenderei a ser feliz então?

Hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito

Perguntei deitada na cama pro mozão: você já teve vontade de deixar de existir?

Não é nem vontade de morrer. É vontade de não ter que lidar com a vida, com o trabalho, com as dores e os dramas, tantas decisões e frustrações.

Veja bem, não é que eu não seja feliz e tenha sucesso. Minhas contas são pagar em dia, o dinheiro que sobra dá pra fazer coisas legais, eu sinto orgulho do meu trabalho e o executo bem.

Mas olha só, eu sou ansiosa o tempo inteiro. Tô sempre pensando no próximo passo, o próximo problema, a próxima solução, o próximo desafio. E vem sempre e a vida é esse eterno resolver coisas.

Cansa, não cansa?

Ano que vem vou fazer terapia. Essa ansiedade está me consumindo.

Não disse nada disso pro mozão, porque ele ignorou a minha pergunta enquanto jogava videogame.